domingo, 26 de dezembro de 2010

Continuar lutando

Um comentário:
 

Não queria ser tão vulnerável, queria conseguir dizer que meu coração tem uma armadura forte, que as lágrimas só vêm quando é a felicidade que bate na porta, que meu sorriso dura vinte e quatro horas e que não fico todo dia antes de dormir pensando nos "porquês"  de tudo isso. Não sei como ainda consigo me manter de pé, sinto o torpor da dor tomando conta do meu corpo, já não sou mais eu, agora são apenas as migalhas da garota que uma dia já fui. Já não existe esperança, meu mundo desabou, o vazio a cada dia cresce mais e mais, e se torna pior. Mas ao mesmo tempo que quero desisitir de tudo também quero continuar lutando, apesar da guerra estar perdida sei que outras virão e que desta devo tirar alguma lição: nunca peça para qualquer um guardar seu maior tesouro, seu coração, se não quiser vê-lo jogado em qualquer lixeira de esquina.

Beijos
Eli :*

Um comentário:

Sinta-se à vontade para comentar, mas lembre-se: Onde seus direitos terminam os meus começam.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff