terça-feira, 22 de maio de 2012

Idiota por amar demais

Nenhum comentário:
 

Não ando me sentindo muito bem, não tenho vontade de sorrir, mas acabo sorrindo para disfarçar a dor, minto que estou melhorando, não quero a pena de ninguém, quero apenas meu coração intacto de novo. Sabe o que é depositar tudo em uma só pessoa e depois descobrir que não foi um bom investimento? Não sabemos como é ruim ter o coração partido até acontecer, é horrível, não é como uma gripe que com alguns remédios e alguns dias de repouso melhora, é pior. Quanto mais você tenta colocar na cabeça que vai passar mais se convence de que vai ser uma missão quase impossível, porque querendo ou não tudo e todos te trazem as lembranças quando você finalmente acha que já parou de pensar sobre. Um filme de tudo que vivemos passa  na minha cabeça a cada cinco minutos e me faz ofegar, chorar, sentir o estômago embrulhar, aí meu coração se acalma, até a próxima lembrança voltar é claro. 
Acordo na expectativa de ter sido apenas um pesadelo e de que você ainda esteja aqui pronto para me abraçar e dizer "Está tudo bem minha pequena, eu te amo", mas isso não acontece. Está tudo sem cor, sem graça, falta algo, falta você, falta o plural de "eu". Queria tanto te ter por perto de novo, sentir seu perfume, passar a mão no seu cabelo e conversar por horas e horas sobre os assuntos mais idiotas, por mais magoada que eu possa estar ainda penso em como éramos bons juntos e em como isso foi acabar assim, e sabe o que é pior? Não consigo te odiar, não consigo ignorar sua existência e não consigo fingir que meu coração não salta toda vez que imagino um novo recomeço e sabe o porque disso? Porque te amo e me machuco por isso, sou idiota, eu sei, idiota por amar demais.

Beijos :*
Eli
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar, mas lembre-se: Onde seus direitos terminam os meus começam.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff