terça-feira, 26 de junho de 2012

Desespero mode ON

Nenhum comentário:
 


Sempre adorei conversas informais, destas que a gente fala de tudo, sabe? Em todas elas costumo observar muito a outra parte e em um desses assuntos aleatórios sempre acontece de falar sobre relacionamento, não sei porque a gente gosta de ficar remoendo histórias que não deram certo e não sei porque de todas as pessoas que estão online no facebook você começa uma conversa justo com a que não deve. Sempre tive o talento de desculpar muito fácil quase tudo, de abonar erros imperdoáveis e de impedir que algumas pessoas saíssem da minha vida, mas hoje percebi que se elas preferiram sair é porque não souberam aproveitar o meu melhor e não adianta vir com o papinho de "Você é especial, bonita e inteligente, mas não deu certo", isso é desculpa de menino bobo, desculpa de quem não sabe se relacionar, afinal se você é tudo isso porque  diabos acabou? Falta muito homem de verdade no mundo, homem que dê a cara tapa para dizer na cara que as coisas não estavam funcionando e que o fim trará mais benefícios do que se tivessem continuado. Por mais que objetividade doa dói de uma vez só e passa, odeio gente que fica enrolando, arrumando desculpa para manter contato e que depois te faz parecer uma palhaça ouvindo ele falar sobre uma tal fulaninha que conheceu ontem e que sinceramente você não se importa, meninos parem de ser ridículos, admiramos muito mais homens bem resolvidos do que moleques que esperam poucos dias para correr atrás de outra, e pior usando as mesmas táticas de conquista que usou com a anterior. Existe um desespero em ter alguém, de provar que já está sendo feliz de novo e aí o lobo mal vira cordeirinho de uma hora para a outra, fica bonzinho começa a ser aquele mesmo garoto do começo, lembra? Mas com outra, e isso te dá nojo, porque você conhece cada mania e cada defeito dele e sabe que tudo isso é falta de uma coisa apenas: amor próprio.

Beijo :*
Eli
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar, mas lembre-se: Onde seus direitos terminam os meus começam.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff