quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Outros textos: Nada é tão complicado assim

Nenhum comentário:
 


Ei, não precisa complicar as coisas. Às vezes, o melhor a fazer é não pensar, apenas se deixar levar pelo embalo doce que as emoções nos trazem a todo instante. Não quero saber dessa mania (des)humana de querer uma lógica para tudo. Nem tudo precisa ser estudado ou explicado. Estamos aqui para sentir e a gente só aprende a sentir sentindo. Pode soar meio confuso, mas é tão simples. Vem comigo, me dá a mão. Não precisa ter medo, um sentimento bonito como esse só pode nos fazer bem. Vem comigo, vou te ensinar que gostar de alguém não machuca o coração. Vem.
Ei, não precisa ficar com o pé atrás ou receoso, sentir não é pecado. A gente precisa ter coragem e força para vencer obstáculos, subir os pequenos degraus que vão nos levar até onde for preciso. Não fica com essa cara de assustado, entregar o coração dói bem menos que obturar um dente cariado.
Ei, não me olha assim. Esses teus olhos grandes e medrosos me dão um aperto no peito. Vem, eu te mostro que o caminho pode ser bonito. Olha, as coisas não são tão lindas como nos livros, mas garanto que são muito mais verdadeiras.
Ei, me dá a mão. Vamos ficar assim, sentindo o calor um do outro. Vamos ficar assim, com um coração de frente para o outro. Vamos ficar assim, com os olhos fixos naquilo que encanta e emociona.
Ei, respira fundo. Manda todos os fantasmas embora. Se não deu certo com outras pessoas outras vezes não quer dizer que agora vai ser igual. Então, você me pergunta: por que agora é diferente? E eu te respondo, de peito aberto: porque eu estou disposta a te fazer feliz.

Clarissa Corrêa
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar, mas lembre-se: Onde seus direitos terminam os meus começam.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff