quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Ah, o amor...

Nenhum comentário:
 

Aí você conhece o cara errado, que te faz sofrer horrores e a partir disso começa a achar que todos são iguais, que todos serão canalhas, essa é a fase mais clichê pós-namoro ruim. Quem nunca amou um idiota que atire à primeira pedra (nele é claro rs). Não estamos imune à essas armadilhas do amor. Sim, o coração prega várias peças de mal gosto e algumas causam muita dor de cabeça. Já tenho no meu estoque super bonder para colar os pedaços do meu coração, caso seja partido de novo, porque sei que decepção não acontece apenas uma vez, afinal ninguém é perfeito, ninguém nasceu sabendo tudo.
O problema é que temos medo de arriscar depois que nos machucamos, medo de ser feliz e acabar, medo do amor. Fazemos uma ligação mental entre amor e sofrimento, mas estamos equivocados.
Nenhum relacionamento é igual ao outro, nenhum homem é igual o outro. Não é porque seu ex foi um otário com você que todos os homens do mundo farão o mesmo, aliás se tem uma coisa que eu odeio é aquela frase que diz que homem é tudo igual, afinal, conheço muitos garotos legais, que amam suas namoradas, que fazem de tudo para deixar o dia de suas amadas especial.
Quem vos fala já ficou muito mal com determinados problemas amorosos, digo tudo por experiência. Passei por maus bocados, mas superei. Consegui tirar lições valiosas de tudo que aconteceu e amadureci. Não se deixe abater ou de acreditar nas pessoas porque uma te magoou, a vida é curta demais para ter medo de tentar outra vez. 

Beijos :*
Elis
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar, mas lembre-se: Onde seus direitos terminam os meus começam.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff