terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Traição, qual a sua opinião?

4 comentários:
 


Parece que estou vendo este tema em todos os lugares, na TV, nos livros e principalmente na vida real. Cada dia fica mais frequente as "puladinhas de cerca" tanto por homens quanto por mulheres. Os relacionamentos estão cada vez mais desgastados e muitos aproveitam essa desculpa para trair, mas ninguém está imune a isso, eu mesma já tive uma experiência ruim e não tenho vergonha de falar, já fui traída e tive que superar. No começo por mais idiota que possa parecer nos culpamos, mas você acaba percebendo que isso é algo pessoal demais para atribuir culpa à si próprio se foi o outro que cometeu. Hoje fiz um tipo de debate/bate papo com algumas amigas sobre o assunto a as opiniões divergiram bastante. Confira logo abaixo:


N.G 
"Acho que hoje há uma banalização nos relacionamentos. Não acho que seja correto dar uma "escapadinha" e depois dizer que está arrependido e querer voltar. Isso é uma coisa bastante complexa porque existem casos e casos sabe? Acho que só passando pela situação para saber qual decisão tomar, mas a principio não tem perdão. Temos que colocar em pauta também que existem tipos diferentes de traição, daquelas que simplesmente ocorrem por desejo e daquelas que rolam porque a relação do casal está ficando vazia. No segundo caso, tanto o homem como a mulher podem estar buscando algo que seu parceiro não tenha mais a oferecer, e não precisa necessariamente ter a ver com o lado sexual. No final, ninguém perdoa uma traição totalmente, como se fosse um pequeno acidente em que você se vira e fala: "me desculpe, foi sem querer..." . A grande maioria das pessoas não aceita ser traída, e a separação quase sempre é inevitável. Se não separa, no mínimo morre a confiança."


C.A
"Acho que traição tem perdão, sim. Depende muito da circunstância. Se isto aconteceu é porque algo no namoro está errado.
Se o meu namorado me traísse, eu ficaria MUITO chateada, mas, sinceramente? Eu perdoaria. Jogar 2 anos e meio fora por quê? É claro que ele quase fez isso ao me trair, mas eu sei que se isso aconteceu é porque algo estava muito frágil no namoro e que devido a isto, ele acabou ficando "fraco". Eu perdoaria e não me acharia idiota por isso. Claro que a confiança ia ficar abalada, mas acho que não por muito tempo porque eu conheço o namorado e pessoa que tenho ao meu lado. Agora, se acontecesse uma segunda vez, TCHAU!
Acho que toda pessoa está propícia a trair pelo menos uma vez na vida. Não concordo com isso de "trai uma, trai outras vezes." Se a pessoa traiu por filha da putagem, ela vai trair mais vezes, sim. Mas se traiu por fraqueza e se arrependeu, acho que não trai nunca mais."

K.A:
"Não sei se posso dizer que foi traição, era um quase namoro de quatro meses. Descobri que ele me traiu e perdoei ele quase chorou pra me explicar disse que me amava e que estava arrependido e que quando beijou a guria viu que gostava mesmo de mim. Foi mandar sms pra um amigo dele contando a cagada que fez e mandou pra menina. Perdoei porque sabia que ele não faria de novo.
Já traí também. Foi no finzinho do 'romance' e não me arrependo nem um pouco era o mais gato da cidade!"


M.P
"Muitos traem por não estarem satisfeitos com o namoro e apesar de amarem a guria acham que ta faltando algo (muitas vezes sexo) e vão procurar em outras, mas também tem homem que faz por ser idiota mesmo."

A.L.R
"Acho que homem que trai perde totalmente o valor e o mesmo digo para a mulher. Nunca namorei, portanto, não posso falar muito, mas acho que se um dia eu fosse traída eu não iria perdoar. Confiança é algo que vai se conquistando aos poucos e quando é quebrada não volta mais."

P.E
"Nunca namorei, mas se eu namorasse um bom tempo e meu namorado me traísse ficaria chateada, mas acho que por amar ele eu perdoaria. Só que se acontecesse de novo mandaria pastar, eu hein! Aí já é falta de vergonha na cara."

R.M
"Eu nunca namorei, mas já traí muito feio a confiança de algumas amigas, tipo coisas horríveis mesmo, e foi meio que sem pensar. Elas me perdoaram, mas eu sempre continuo com aquele sentimento ruim, aquela culpa, apesar de que elas demonstram que confiam em mim da mesma forma. Eu não sei se é uma comparação correta, mas acaba sendo a mesma coisa, você ama muito uma pessoa, confia nela e ela põe isso em xeque. Se eu gostasse muito do cara, e eu visse que ele estava arrependido, perdoaria (teoricamente, eu não sei como as coisas vão ser no primeiro namoro). Até porque muita coisa é feita no calor do momento, como as besteiras que eu fiz, e acho que consideraria isso também. Mas se fosse "filha da putagem", poderia até perdoar se gostasse muito, mas ficaria sempre com um pé atrás (ou terminava tudo)."

B.D
"Eu namorei por 2 anos com um garoto que eu acredito nunca ter me traído porque éramos muito novos, mas uma vez eu pedi para minha amiga (que era a mais bonita da sala) pedir pra ficar com ele, durante dois dias ele disse não, mas no terceiro ele aceitou.”

D.F
"O pior de tudo é você ser amiga da corna, saber de alguma coisa e contar pra ela e ela pensar que você está com inveja e  que quer acabar com o namoro dela."



E você o que pensa sobre traição? Já foi traído(a)? Já traiu? Conte nos comentários!

Beijos :*
Elis



4 comentários:

  1. Adorei, Elis! E foi muito legal participar do debate e conhecer a opinião das meninas. Dona D.F. SEMPRE com respostas "leves" na ponta da língua HAUEHUAH Minha opinião já está ali, então...

    Faça mais debates assim! Beijos <3

    garotasemcliches.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo nem sabia se iriam querer participar, mas aos poucos o assunto foi se desenvolvendo.
      Obrigada Camylla por ter contribuído com sua opinião, e sim a D.F chega a ser cruel de tão sincera HAHAHAHA

      Beijo :*

      Excluir
  2. penso que traição é traição romance é romance amor é amor e um lance é um lance

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar, mas lembre-se: Onde seus direitos terminam os meus começam.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff